UNISUAM promove exposição sobre o preconceito


Imagem do Post

A UNISUAM recebe, até 15/03, nas Unidades Bonsucesso e Campo Grande, a exposição fotográfica do Projeto Desconstruindo. Com entrada gratuita, a mostra reúne fotos de modelos voluntários e convidados que passam ou já sofreram preconceito e lutam para mudar essa situação.

 

“Eu sempre penso em desconstruir para construir alguma coisa melhor. A proposta do projeto é essa e o espaço da UNISUAM é excelente para esse tipo de iniciativa por ser um local de conhecimento. Desconstruir é ter a chance de pensar diferente, sair da caixinha, ter outra visão do mundo e se colocar no lugar do outro. É fundamental olhar para o novo e principalmente para as diferenças”, ressalta Claudia Val, professora do curso de Comunicação Social da UNISUAM e uma das grandes incentivadoras do projeto.

 

Por meio da fotografia, a exposição busca desmistificar os rótulos e apresentar uma mensagem de desconstrução e respeito. As imagens convidam o espectador a enxergar o mundo de outra forma, de modo que todos sejam iguais e livres para serem o que desejarem.

 

“É um sonho ver minha filha em fotos lindas, bem produzidas e expostas com mensagem de respeito à diversidade e a beleza de cada indivíduo. Aliás, é um sonho para todos os pais de crianças com necessidades específicas”, comenta Daniela Cavalheiro, fundadora da ONG Amadinhos Down e mãe de Cecília, uma das personagens retratadas na exposição.

 

Os visitantes poderão conferir trabalhos que retratam crianças e jovens que sofrem discriminação por sua cor, orientação sexual ou doença genética. A mostra traz fotos de Isabelle Lima, Fernando Salles, Bruna Travassos e Gabriela Otero, fotógrafos do Projeto Desconstruindo.

 

 

CCULT – Unidade Bonsucesso: Av. Paris, 84 – Horário de funcionamento: segunda a sexta, das 10h às 20h

Corredor Cultural – Unidade Campo Grande: Av. Cesário de Melo, 2571 – Horário de funcionamento: segunda a sexta, das 10h às 20h





Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Nenhum comentário