Um ano de desconstrução


Imagem do Post

 

Desconstruindo, projeto social criado por um grupo de alunos do curso de Comunicação Social UNISUAM a partir de uma atividade da disciplina Projeto Integrador I, que compõe a matriz curricular do curso, completou, em agosto, 1 ano na ativa.

 

 

O projeto social consiste em uma mostra fotográfica online na página do Desconstruindo no Facebook e tem como finalidade desmistificar rótulos pré-estabelecidos reproduzidos por um corpo social historicamente preconceituoso, levando ao conhecimento de seu público, assuntos que são menos abordados, como por exemplo, a exposição de grupos que são vítimas de ataques de intolerância e que, muitas vezes, acabam sendo omitidos.

 

(Leia mais: Projeto originado em disciplina do curso de Comunicação Social UNISUAM caminha para tornar-se uma ONG)

 

O Desconstruindo disponibiliza, ainda, aos seus seguidores, reportagens sobre os diversos temas abordados, muitas postagens interativas e a total conscientização de que o mundo algum dia ainda pode se tornar melhor.

 

 

“Não é fácil fundar um projeto social que visa desmistificar os preconceitos em uma sociedade ainda muito construída, mas, no fim, vale a pena. É gratificante o olhar das pessoas as quais ajudamos. E acrescento, é imensurável a felicidade de perceber que, aos poucos, estamos fazendo a diferença”, declara Miriã Vilela – Relações Públicas e uma das fundadoras do projeto.

 

(Leia mais: UNISUAM promove exposição sobre o preconceito)

 

Para comemorar o 1º ano do projeto, a equipe acaba de lançar um canal no Youtube e em breve, ainda sem data de lançamento, um documentário contando a trajetória do Desconstruindo, que contará com um experimento social, depoimentos, participações especiais e muitas outras surpresas.

 

 

“O projeto é um gesto de amor na tentativa de melhorar o mundo, ou melhor, desconstruí-lo para construir em cima de bases fortes como a solidariedade. Vivemos em tempos de ódio e rancor e a cada dia se torna mais difícil nos posicionar sobre algo ou mesmo colocar o pé na rua. É por isso que precisamos do Desconstruindo, para plantar uma semente de solidariedade, amor e esperança para tempos melhores”, ressalta Isabelle Lima – Diretora de Criação do projeto.

 

Se você sofre algum tipo de preconceito ou apenas deseja conferir e conhecer o projeto, acesse a página do Desconstruir.

 

 





Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Nenhum comentário