Sancionada lei que obriga lanchonetes e cantinas das escolas do Rio a contar com um Nutricionista


Sancionada lei que obriga lanchonetes e cantinas das escolas do Rio a contar com um Nutricionista

Sancionada pelo Governador Luiz Fernando Pezão na última terça-feira, 16/01, lei que obriga lanchonetes e cantinas das escolas do Rio a contar com um Nutricionista para atender às demandas dos alunos é motivo de comemoração para os profissionais da área.

A lei 7846/2018, de autoria do deputado Luiz Martins (PDT), orienta que as redes pública e privada de ensino mantenham em cada unidade escolar um profissional da área de Nutrição, registrado no Conselho da categoria (CRN4), que ficará responsável pela avaliação das condições de armazenamento e análise dos alimentos, elaboração do cardápio para refeições dos estudantes, dentre outras atividades.

article_image

Para Renata Nogueira, Docente do curso de Nutrição UNISUAM e membro do Conselho Regional de Nutrição, a sanção da lei é uma vitória para os Nutricionistas, visto que amplia os postos de trabalho, mas, principalmente, para a sociedade, já que o acesso à alimentação adequada e saudável não pode ser um privilégio para poucos, mas um direito.

Partindo justamente desta premissa de que uma alimentação adequada, em qualquer idade, assegura a saúde e bem-estar do indivíduo é que se justificou o projeto de lei, agora aprovado, uma vez que quando se trata de crianças, o valor de uma dieta equilibrada torna-se muito maior porque elas se encontram em fase de crescimento, desenvolvimento e, principalmente, da formação da personalidade e de seus hábitos alimentares.

14480732_10206153794358258_84804808075513220_o

“Na nossa grade do curso de Nutrição abordamos esta temática em diferentes disciplinas, sob diferentes aspectos, pois entendemos que a escola é um espaço estratégico para a promoção da saúde e formação de hábitos alimentares saudáveis de crianças, jovens e adultos e o Nutricionista é um profissional essencial na construção desse processo”, ressalta ela.





Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Nenhum comentário