Professor da UNISUAM recebe outorga como Jovem Cientista


Professor da UNISUAM recebe outorga como Jovem Cientista

prof_arthur

Entre os 133 Jovens Cientistas que estiveram presentes no Salão Nobre do Palácio Guanabara, na última quarta-feira (19/09), um nome teve destaque para a UNISUAM e pelas grandes realizações na área de Fisioterapia: o professor Arthur de Sá Ferreira.

Professor do programa de Pós-Graduação em Ciências da Reabilitação da UNISUAM, Arthur de Sá, foi um dos contemplados com o termo de outorga no edital Jovem Cientista do Nosso Estado (JCNE), considerado um dos mais prestigiados programas da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (FAPERJ).

Os termos de outorga são documentos de concessão de fomento a programas de pesquisa. No exemplo do professor Arthur, a taxa de bancada mensal recebida da FAPERJ será revertida para o custeio de materiais e equipamentos do Laboratório de Simulação Computacional e Modelagem em Reabilitação da UNISUAM, assim como a participação em eventos nacionais e internacionais. O termo de outorga não foi o primeiro recebido pelo pesquisador: em 2008 ele foi contemplado em função de aprovação do Edital “Apoio à Construção da Cidadania da Pessoa com Deficiência”.

Formado em Fisioterapia, e com mestrado e doutorado em Engenharia Biomédica, o professor Arthur de Sá Ferreira é membro efetivo da Associação Brasileira de Pesquisa e Pós-Graduação em Fisioterapia (ABRAPG), pesquisador do Programa de Mestrado em Ciências da Reabilitação e Professor de Epidemiologia do Curso de Fisioterapia da UNISUAM. É também o criador e coordenador do Laboratório de Simulação Computacional e Modelagem em Reabilitação da UNISUAM. Atua como membro do corpo editorial de seis periódicos nacionais e internacionais, revisor de quinze periódicos, alguns com grande expressividade internacional. É autor de vários artigos publicados, artigos completos publicados em anais de congresso, capítulos de livros e registros de propriedade intelectual e patentes no INPI. Participou de um número expressivo de bancas de avaliação tanto de Mestrado, Doutorado, TCC e Concurso Público em apenas 6 anos de Doutoramento, tendo orientado 4 teses de Mestrado na UNISUAM e 7 alunos de Iniciação Cientifica, além de 25 trabalhos de conclusão de curso.





Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

1 comentário