OPA trilhando caminhos internacionais


OPA trilhando caminhos internacionais

OPA, projeto da startup dos empreendedores Márcio Torres e Rafael Azen, que está incubada no Pólen, polo de inovação da UNISUAM, está trilhando caminhos intenacionais.

Acrônimo de “Olhando Para o Aluno”, o OPA trata-se de um aplicativo inovador de percepção e registro de presença em sala de aula que dispensa a chamada em papel, melhorando a comunicação, produtividade e relacionamento em sala de aula, contribuindo com a diminuição da evasão escolar.

A empresa, que, no primeiro semestre, estava iniciando uma investida internacional, atualmente, está se consolidando no mercado português. Entre os dias 29/10 e 25/11, os fundadores rumarão para Portugal, onde realizarão um tour de empreendedorismo, que inclui passagens pela Universidade de Lisboa, Universidade do Porto, Startup Braga, Startup Lisboa e participarão, ainda, do Web Summit, maior conferência tecnológica e de startups do mundo.

21083436_1468357449917540_730435815889570079_o

E as novidades não param por aí. A startup venceu a etapa carioca da Seedstars, competição global de startups, se classificou para as finais nacionais e vai concorrer a 1 milhão e meio de Euros para investimento na empresa. Além disso, a empresa, que completará, mês que vem, 1 ano de incubação no Polén, está firmando um convênio com a Secretaria de Ciência e Tecnologia, por meio da rede FAETEC, para implementação gratuita do aplicativo na Escola Técnica Estadual República, em Quintino, como uma forma de retorno ao estado depois de participarem do Startup Rio.

Em breve, a OPA criará, em parceria com o Pólen, um aplicativo de celular para o polo de inovação da UNISUAM com o intuito de expandir a interatividade com os alunos da Instituição.

Alavanque você também a sua startup, venha para o Pólen!





Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Nenhum comentário