Obsolescência programada x Uso consciente


Obsolescência programada x Uso consciente

Para começar, vamos te fazer uma pergunta e tudo bem se a sua resposta for “não”.

 

Você já ouviu falar em obsolescência programada? Bom, ela nada mais é do que uma estratégia que as empresas, principalmente as de tecnologia, vêm adotando para vender mais. É difícil aceitar, mas os produtos que adquirimos já possuem uma data de validade estipulada.

 

O seu celular precisa constantemente fazer atualizações e você já reparou que, a cada atualização, ele parece ficar mais ultrapassado? Pois é! Esse é só mais um dos exemplos, dentre outros, com os quais esbarramos diariamente relacionados com a obsolescência programada (ou planejada).

 

 

Essa prática começou a ganhar força na época da Grande Depressão dos Estados Unidos, em 1929, tida como uma das maiores crises econômicas da história. As empresas, portanto, começaram a fabricar produtos com menor qualidade para que durassem menos tempo, fazendo com que os clientes precisassem comprar novos itens com mais frequência, impactando diretamente na economia.

 

Entretanto, mesmo após a superação econômica da crise de 1929, tal ideia se fez forte aliada ao capitalismo desenfreado, reverberando na chegada de novos produtos nas prateleiras cada vez mais com o tempo de validade reduzido.

 

A obsolescência programada, além de forçar a população mundial a consumir em demasia, ainda causa outro problema: o acúmulo do lixo eletrônico, que, quando descartado indevidamente, favorece a contaminação do solo, do ar e da água, prejudicando não só as plantas e os animais, mas, também, nós, seres humanos.

 

 

Preocupante, né?

 

 

 

Os celulares e a obsolescência programada

 

 

Analisando o produto celular, item pessoal indispensável do mundo moderno, a maioria dos fabricantes lançam, anualmente, novos modelos e acabam despertando a necessidade de uma nova compra nos usuários.

 

Mas, será que o seu aparelho realmente não lhe serve mais? Em alguns casos, realmente problemas técnicos começam a aparecer, forçando a troca, mas, em outros, não passa da necessidade de pequenos ajustes na configuração ou em peças.

 

 

A empresa iCaiu – especializada em conserto de iPhones e iPads – analisa que, muitas vezes, você pode contornar esse problema [da obsolescência programada] aprendendo a aumentar a durabilidade e melhorar o desempenho do seu aparelho. Essa é a importância de saber quando consertar, em vez de, simplesmente, descartar e comprar um novo produto.

 

Portanto, agora que você já sabe o que é a tal da obsolescência programada e que é possível adiá-la, deixamos aqui a reflexão: o seu uso é consciente?

 

 

 

6 dicas que a galera da iCaiu dá para conservar o seu aparelho

 

 

Use capa e película

 

 

A dupla perfeita! Se você é desastrado, opte por capas mais robustas e se certifique de que ela faça um pequeno contorno na frente da tela, evitando o contato direto com a superfície.

 

 

Utilize braçadeira

 

 

Se você é praticante de esporte, não deixe de usar a braçadeira. Assim, você garante os seus movimentos e evita a queda do seu aparelho.

 

 

Tenha cuidado com água e umidade

 

 

Por mais que alguns aparelhos sejam resistentes à água, é melhor evitar ambientes como banheiros e praias. Mas… A iCaiu recomenda que se o aparelho cair na água, qualquer que seja o líquido, é extremamente importante desligá-lo e levá-lo o quanto antes (se possível em até 24h) a uma assistência técnica para que seja feita a desoxidação completa do aparelho.

 

 

Faça a limpeza correta

 

 

Coloque no seu cronograma a limpeza de seu aparelho. Retire a capa, limpe o celular com um pano levemente umedecido e espere secar bem antes de colocar novamente a capa.

 

 

Cuide bem dos acessórios

 

 

Cuide de seus fones de ouvido e carregadores, eles também merecem ser cuidados. Antes de guardar os cabos, enrole-os para evitar possíveis danos.

 

 

Evite sobrecarregar a memória

 

 

Mantenha somente o que for necessário em seu celular. Sempre que possível, envie as suas fotos para a nuvem ou descarregue em algum computador. Quando a memória fica muito cheia, o aparelho tende a ficar lento, travar e pode apresentar problemas com o passar do tempo.

 

 

 

DICA BÔNUS

 

 

E a iCaiu tem mais uma dica quente para alunos e ex-alunos UNISUAM: se você tem um iPhone ou iPad e está encontrando problemas de bateria, desempenho ou tela quebrada, dá uma passadinha na iCaiu mais próxima e garanta 10% de desconto, até 31/01/2019, com o cupom unisuam-icaiu

 

 

 





Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Nenhum comentário