O Biólogo e sua atuação na pandemia de COVID-19


O Biólogo e sua atuação na pandemia de COVID-19

Artigo produzido pela Profª Drª Louise Calil Deterling – Coordenadora do Curso de Pós-Graduação em Análises Clínicas e Patológicas e Docente do curso de Graduação em Biologia UNISUAM.


Pouco se fala na atuação dos profissionais de saúde que não sejam Médicos. Os Biólogos, por exemplo, vêm desempenhando um grande papel durante a pandemia provocada por SARS-CoV-2 ou o novo Coronavírus. 

Seja na criação de kits de diagnósticos nas grandes Universidades e Centros de Pesquisa (Biotecnologia), na análise de materiais para o diagnóstico (Análises Clínicas) e na pesquisa de impactos causados pela pandemia no meio ambiente e controle de descarte de resíduos sólidos e hospitalares (Meio Ambiente). 

O Biólogo integra uma rede de profissionais que atuam, junto com os Médicos, Enfermeiros, Farmacêuticos, Fisioterapeutas e Nutricionistas, tratando dos pacientes com COVID-19 nos hospitais. São responsáveis pela análise de materiais aspirados para comprovação por RT-PCR (técnica de Biologia Molecular que permite amplificar o cDNA do vírus e sua presença) ou através de exames sorológicos (resposta do organismo humano à presença do vírus produzindo anticorpos do tipo IgM e IgG), bem como no controle de descartes e criação de protocolos de vigilância sanitária.

A Biologia, ou melhor, as Ciências Biológicas é uma grande área de conhecimento científico que permite a atuação do Biólogo em várias frentes dessa pandemia. A importância, atualmente, de sabermos mais sobre o vírus, a sua patogenia, a sua virulência (graus de doença que o vírus é capaz de provocar no ser humano) e a busca por uma vacina têm sido, com certeza, o maior desafio deste século. 


(Leia mais: Seja migs do meio ambiente – Conheça o seu lixo e pratique a coleta seletiva)


A pesquisa básica, como é chamada a pesquisa que não envolve os seres humanos, sempre foi seara dos Biólogos. Estudar microrganismos, saber como se reproduzem, descobrir novas proteínas, sempre foi como as grandes ideias começam. Sem a pesquisa básica, hoje não haveria medicamentos como a estatina (medicamento que reduz a quantidade de colesterol no sangue), entre outras descobertas. 

O pouco que se sabe sobre o novo Coronavírus é fruto de pesquisa básica realizada em outros vírus RNA positivos, como o Poliovírus (causador da Poliomielite), Tonga Vírus (causador da Rubéola), Flavivírus (vírus transmitidos por mosquitos, como a Dengue e a Febre Amarela) e dos outros vírus da família do Corona já existentes desde a década de 30.

Outro importante papel do Biólogo está sendo no monitoramento das alterações no meio ambiente durante a pandemia. Muitos relatos de que está havendo uma melhora no planeta vêm sendo divulgados. Mas, seria uma melhora mesmo ou estamos apenas presenciando alguns efeitos da não movimentação urbana? 

As águas de rios e mares estão aparentemente limpas, mas o real motivo poderá ser apenas a diminuição de tráfego de veículos motores que revolvem o fundo. Outro aspecto que vem chamando a atenção é a diminuição de renda dos brasileiros, que vêm contribuindo para uma menor geração de lixo doméstico. Mas, o real panorama só poderá ser visto daqui a alguns meses, quando os frutos dessas pesquisas forem publicados.


(Leia mais: Porque ser Sustentável é Ser Humano)


A criação de protocolos de contingência que tem sido divulgada pela Organização Mundial de Saúde (OMS), que é presidida por um Biólogo, Dr. Tedros Adhanom (Biólogo com Doutorado em Saúde Comunitária pela Universidade de Nottingham e Mestrado em Imunologia de Doenças Infecciosas pela Universidade de Londres), tem auxiliado na criação de Políticas Públicas. 

No mundo inteiro, o enfrentamento da pandemia vem sendo liderado por Biólogos competentes, que têm em sua formação o melhor preparo para a guerra que vem sendo enfrentada entre o vírus e a raça humana. 

Este tem sido um tema bastante discutido nas aulas do curso de Bacharelado em Biologia e da Pós-Graduação em Análises Clínicas e Patológicas da UNISUAM. Mestres e Doutores nas diversas áreas do conhecimento científico, os Professores vêm abordando em suas aulas a importância da epidemiologia e da pesquisa básica no enfrentamento de doenças.



Estude com a gente e esteja pronto para o mercado!

Matrículas abertas

Conheça o curso de Biologia UNISUAM


Para mais informações, ligue (21) 3882-9797







Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Nenhum comentário