Novos líderes do Ensino: Prof. Gustavo Jucá assume a Coordenação do curso de Arquitetura e Urbanismo UNISUAM


Novos líderes do Ensino: Prof. Gustavo Jucá assume a Coordenação do curso de Arquitetura e Urbanismo UNISUAM

O curso de Arquitetura e Urbanismo UNISUAM tem a missão de formar profissionais capazes de propor soluções inovadoras por meio da transformação do meio físico em espaços nobres, belos, confortáveis e harmônicos com a natureza.

Ao longo dos seus 10 anos formando profissionais generalistas, com conhecimentos aprofundados na organização e construção de espaços interiores e exteriores, traduzindo as necessidades da sociedade em relação ao planejamento, racionalizando o uso dos recursos disponíveis, além de cuidar da conservação e valorização do patrimônio público, paisagismo, complexo urbanístico e edificação, o curso de Arquitetura e Urbanismo UNISUAM oferece disciplinas com caráter multidisciplinar e interdisciplinar, resultantes na diversificação dos modelos de Ensino. Partindo dessa premissa e com vistas à otimização da estrutura curricular do curso, a Diretoria de Ensino apresenta o novo Coordenador do curso de Arquitetura e Urbanismo UNISUAM, Prof. Gustavo Jucá.

 

 

Prof. Gustavo Jucá – Coordenador do curso de Arquitetura e Urbanismo UNISUAM

Depois de atuar por uma década na extinta Universidade Gama Filho, na qual realizou sua Graduação em Arquitetura, passou pela monitoria, foi tecnologista e também responsável pelo laboratório do curso, o novo Coordenador do curso de Arquitetura e Urbanismo UNISUAM lembra que em meio a esta trajetória que ele iniciou a sua promissora carreira de docente e foi tomando gosto pelo Ensino. “Foi a partir destas experiências, adquiridas ao longo da Graduação, que fui galgando os degraus normais do início de uma carreira acadêmica. Eu gostei muito e logo fiz a Pós-Graduação, Mestrado, ao todo, fiquei 10 anos nessa Instituição”, conta ele, que se desligou da Instituição um pouco antes de seu fechamento.

Bastante triste com o fechamento da sua antiga casa, Prof. Gustavo trabalhou durante 1 ano no mercado de trabalho e, segundo ele, naquele momento sentiu uma grande satisfação em estar finalmente exercendo a função de Arquiteto e não apenas lecionando. “Porém, logo no ano seguinte, me deu uma saudade absurda de voltar a ensinar. Comecei a fazer uns contatos, retornei para o meio acadêmico apenas como convidado de bancas de TCC e isso reascendeu a chama educacional em mim”, lembra, reforçando que, ao todo, foram 4 anos longe das salas de aula.

Foi então que, no início do ano, o Prof. Jucá aceitou o convite do antigo Coordenador do curso para ministrar aulas aqui na UNISUAM. Ele passou a lecionar várias disciplinas nas Unidades Bonsucesso e Bangu, se envolveu na organização de eventos, cada vez mais se sentindo dentro da equipe, somando em prol da faculdade. Dessa forma, ele mergulhou de cabeça como se nunca tivesse saído do meio acadêmico.

O desafio para coordenar um dos cursos mais populares da UNISUAM veio logo após a saída do antigo Coordenador. Jucá se recorda que seu nome foi recomendado pelo então Coordenador como um dos fortes candidatos para substituí-lo no cargo. Foi então que ele participou do processo seletivo interno, promovido pela Vice-Reitoria de Recursos Humanos e pela Diretoria de Ensino da UNISUAM, e, após algumas etapas, foi comunicado que havia sido aprovado.

“Esse é um desfaio bem grande. Nesses 10 anos em que trabalhei na Gama Filho, não tinha o título oficial de Coordenador ou Subcoordenador, mas trabalhava diretamente na parte acadêmica e pedagógica”, explica ele, que se considera extremamente apto para a função já que no seu antigo emprego era responsável por uma das 3 unidades, além de ter total envolvimento em todos os processos de uma Coordenação: estrutura de aula, lotação de professor, quantidade de aluno, processos de rematrícula, atividades complementares, entre outros. “Talvez isso tenha me ajudado a ser escolhido no processo seletivo”, complementa Jucá, muito empolgado com a nova fase.

O novo Coordenador de Arquitetura e Urbanismo UNISUAM destaca a grande aceitação de todo o corpo docente e relata que ouviu de muitos professores que seu nome foi unanimidade nas suposições sobre quem assumiria o cargo. Jucá se envaidece por muitos desses profissionais terem sido colegas de trabalho e/ou professores dele na outra faculdade.

“Quero pautar a minha gestão não como a diferença, isso nós podemos deixar para os políticos. Não acho que devemos fazer uma gestão que deve ser marcada por novidades, ou seja, esquecer tudo o que foi feito antes e começar do zero. Eu acho que não! Acho que se o curso tem mais de 10 anos e, está hoje com mais de 1.000 alunos, é ofertado em 2 Unidades, em 2 turnos, tem muito mérito, tem muitas boas práticas em curso e eu quero mantê-las, talvez ajustá-las e intensificá-las utilizando minha experiência externa, minha vontade e o meu “gás”, pois tenho muitas outras ideias e pretendo mudar sim, de forma muito suave, as coisas para melhor”, afirma o novo Coordenador em relação às implementações a serem realizadas.

De acordo com ele, é preciso disponibilizar mais atividades e melhorias para os futuros Arquitetos e, para isso, pretende aproveitar a boa estrutura que a Instituição tem e, principalmente, oferecer melhor assistência aos alunos da Unidade Bangu.

A carência de suporte para uma produção científica, como a criação de um escritório modelo e de projetos de apoio para a participação dos alunos em concursos, também deverá ser suprida pelo novo Coordenador. “Estou me apresentando em cada sala de aula, dando minha “cara a tapas”, e tenho recebido boas ideias, inclusive dos próprios alunos, e eu quero colocá-las em prática porque tem muita ideia bacana. Tem muito aluno e Professor com vontade e eles não sabiam como e para quem direcionar essas ideias. Eu já estou me posicionando como essa pessoa que pode absorver e colocar muita coisa em prática”, diz, acrescentando que não pretende mexer no atual corpo docente do curso, pois todos os professores que estão na ativa são altamente capacitados e em processo constante de aprimoramento. Outro ponto destacado por Jucá é a intenção de criar núcleos de conteúdo, com o objetivo de dar maior autonomia para os Mestres que se destacam em determinadas áreas.

O ENADE também está na mira do Coordenador. Ele pretende investir em atividades que superem a nota atingida na última edição da prova. Workshops e simulados para a complementação de conteúdo deverão ser oferecidos por meio de Atividades Complementares como forma de preparo para o exame do MEC e também como base de preparação para concursos públicos.

Um dos eventos mais tradicionais do curso, a “Semana de Arquitetura e Urbanismo UNISUAM” será reestruturada e um dos objetivos principais é promover uma maior participação de empresas. Jucá visa estreitar os laços estabelecidos no período em que atuou fora do campo acadêmico para trazer empresas ligadas à área para mostrar a realidade do mercado de trabalho para os discentes. Além disso, ele seguirá a sugestão de alguns alunos de firmar um “apadrinhamento”, criando uma aliança do curso com o social.

O “apadrinhamento” terá o objetivo de criar parcerias com essas empresas e com egressos do curso para doação ou fazer uma espécie de venda social de instrumentos como lapiseiras, pares de esquadro, compassos, folhas, entre outros. “A Arquitetura precisa desse lado social, uma vez que é um curso com um alto custo. Essa seria uma forma de fazer com que os alunos com menor condição financeira não desistam do curso e nem dos seus sonhos”, expõe Prof. Jucá.

A proposta maior da nova Coordenação é destacar o aluno de Arquitetura e Urbanismo da UNISUAM no mercado, de forma que os empregadores percebam claramente que os alunos da UNISUAM possuem um diferencial.

 

Minicurrículo

Arquiteto e Urbanista formado em 2003 pela Universidade Gama Filho (UGF) com Mestrado em Engenharia Urbana pela Escola Politécnica da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Docente da UNISUAM, tendo ministrado as disciplinas de Projeto Integrador, Intervenção Urbana e Técnicas de Representação Digital 1 (AUTOCAD) e Técnicas de Representação Digital 2 (SKETCHUP e CORELDRAW).

Docente da Universidade Gama Filho entre 2009 e 2013. Participação no apoio ao Colegiado de Curso, desenvolvendo novas práticas de ensino e supervisionando a aplicação do Projeto Pedagógico de Curso. Desenvolveu Projetos de Pesquisa em conjunto com a Coordenação do curso através de convênios com instituições, fundações e diversos órgãos públicos como Ministério do Exército e Prefeituras. Supervisionou alunos envolvidos neste trabalho, na fase de projeto e de computação gráfica. Responsável pelo Núcleo de Prática Profissional, na organização e controle das atividades referentes ao Estágio Supervisionado e Exercício Profissional. Responsável pelo Núcleo de Representação Digital, na organização e controle das atividades referentes à Computação Gráfica Aplicada à Arquitetura. Supervisão de Monitores de disciplinas de Representação Gráfica Aplicada à Arquitetura por meio do Programa Institucional de Monitoria da Universidade Gama Filho.

Arquiteto Pleno na Construtora Calper, desenvolvendo e coordenando projetos executivos de empreendimentos residenciais e comerciais, com tipologias e complexidades distintas. Atuou na revisão e compatibilização de projetos de instalações prediais e de estrutura e quadros de concorrência e contratação de projetos terceirizados. Foi também Auditor Interno para obtenção e manutenção de Selos de Qualidade ISO 9001:2008 e PBQP-H 2012.

Atuou como Conselheiro Regional do CREA/RJ (2009-2011) representando o Curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Gama Filho, atuando em diversos temas de defesa e valorização da profissão de Arquiteto e Urbanista no Brasil. Participou da primeira gestão do CAU/RJ como Conselheiro Regional (2011-2014), atuando em todo o processo de migração do antigo conselho e participando ativamente nas atividades regulatórias da profissão do Arquiteto e Urbanista junto à Comissão de Ensino e Formação.

 

 





Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Nenhum comentário