Novos líderes do Ensino: conheça os novos Gerentes de Ensino UNISUAM


Novos líderes do Ensino: conheça os novos Gerentes de Ensino UNISUAM

Inovação. Essa é a palavra-chave que define o ano de 2017 para a UNISUAM. O ano começou com mudanças consideráveis para a Instituição, com a vinda de nomes de peso do segmento acadêmico trazidos estrategicamente para somar em prol do progresso da educação e do ensino de excelência oferecido.

A chegada do Prof. Eduardo Halpern, que assumiu a Diretoria de Ensino no 2º semestre de 2016, foi uma delas e, com ele, chegaram também muitas ideias para fazer a UNISUAM alcançar a posição de melhor Centro Universitário do Rio de Janeiro. Reformular e otimizar os processos, promovendo a modernização e adequação dos conteúdos acadêmicos para aproximar ainda mais a UNISUAM das exigências e demandas provenientes do mercado de trabalho e contribuir para a maior empregabilidade dos alunos são missões que foram designadas a Halpern para essa nova fase.

Após uma série de mudanças nas grades curriculares e nas Coordenações dos cursos de Graduação, Pós-Graduação, Pra Quem Faz e EAD, o Diretor de Ensino mais uma vez surpreendeu com outra estratégia a fim de implementar o seu plano. Foi criado, então, os cargos de Gerente de Ensino UNISUAM, que têm como principal função gerenciar os núcleos de Coordenadores de todas as Graduações, além de áreas específicas do universo acadêmico.

A ideia surgiu após uma série de análises realizadas por Halpern, juntamente com a Vice-Reitora Acadêmica de Graduação e Pós-Graduação, Profª Cláudia de Freitas Lopes Costa, chegando à conclusão de que era necessário rever o modelo de gestão da Diretoria e do modelo anterior das Lideranças, que eram dividas apenas por áreas, os quais passaram por uma adaptação, assumindo um formato mais inovador no qual as Gerências além de liderarem determinadas áreas do Ensino, passarão a assumir processos e reestruturações para um acompanhamento mais minucioso e, para isso, 4 nomes de peso foram escolhidos para comandar mais de perto cada especialidade. São eles: Prof. Marcelo Costa, Prof. Jefferson Bueno, Prof. José Cláudio de Souza Lima e a Profª Adriana Leal.

As questões referentes às Atividades Complementares, Pesquisa e Iniciação Científica, Extensão, Estrutura dos Laboratórios e Núcleos dos Cursos (como o Núcleo Hans Donner e a CLESAM) e, principalmente, às metodologias de Ensino estão sob a Gerência do Prof. Marcelo Costa, que, além de todas essas atribuições, continua à frente da liderança das Licenciaturas e na Coordenação dos cursos de Bacharelado e Licenciatura em Educação Física.

04

“Revisitaremos todos esses braços estratégicos do Ensino e, no bom sentido, daremos um passo atrás, fazendo um levantamento de tudo o que está sendo feito, com o intuito de organizar e criar um padrão UNISUAM. Nas áreas laboratoriais, será construindo o que nós chamamos de book de laboratório, que definirá detalhadamente para cada curso quais são os seus laboratórios e o que consta dentro deles, passando por todos os equipamentos como materiais de consumo, softwares e tudo aquilo que a gente deve atualizar e gerar um modelo que expanda o curso e que permita implantar o curso em uma região nova”, explica o Prof. Marcelo Costa, que possui mais de 30 anos no ramo acadêmico, incluindo trabalhos de gestão e liderança.

O Prof. Jefferson Bueno também está no projeto das Gerências. “Para mim foi um grande privilégio, primeiro que esse está sendo o reconhecimento de todo um trabalho que está sendo feito, é gratificante e renova o processo de motivação e de perspectivas e, de uma forma positiva, contamina os outros integrantes, que percebem que a Instituição está acompanhando, analisando e apoiando os profissionais que de uma certa forma estão construindo algo diferenciado dentro dela”, diz satisfeito Prof. Jefferson.

thumbnail_01

Ele continua como Líder da Escola de Negócios e como Coordenador dos cursos de Administração e Recursos Humanos, porém agora terá o desafio de gerenciar 4 colunas estratégicas que irão nortear o seu trabalho. O GRD, que tem o objetivo de propor os processos de melhorias, observando os indicadores que precisam ser ajustados; o relacionamento com o mercado para projetar a Escolas de Negócios para o mercado em si, de uma forma geral; a gestão docente, que serve para observar com mais critério o desempenho dos professores e, a partir daí, se for preciso, pensar em uma reformulação; e os processos que envolvem a Escola de Negócios.

“Esse é um guarda-chuva muito interessante, no meu ponto de vista, porque ele acaba sendo direcionado basicamente para as minhas vocações naturais, nas quais eu me desenvolvi. Isso me deixou bastante motivado e encontrei um apoio muito bacana dos meus parceiros na fase de construção desses pilares, porque a gente não constrói nada sozinho, não é mesmo?”, expressa ele.

O terceiro nome é o do atual Coordenador dos cursos de Engenharia de Produção e de Logística, Prof. José Cláudio de Souza Lima, que, a partir de agora, passa a acumular as funções de Líder da Engenharias e Gerente do Ensino.

jose_claudio

“Eu vou ficar responsável pela parte regulatória dos cursos de Graduação e pelo projeto APS – Atividades Práticas Supervisionadas, que é um novo desenho que se pretende implementar para os cursos de Graduação”, explica ele, ressaltando, ainda, que terá auxílio de alguns professores como Coordenadores Adjuntos nas Unidades da Zona Oeste.

A Profª Adriana Leal fecha o grupo de Gerentes e acredita que o fato dela conhecer mais o perfil dos alunos e ter 9 anos de UNISUAM tenha ajudado na escolha do seu nome para o novo cargo. Ela ficou responsável pelo ENADE, NAPP e pelo gerenciamento de provas, projeto que será implantado futuramente, além de continuar coordenando os cursos de Gastronomia, Estética e Cosmética e Turismo.

“Quando eu recebi a notícia de que fui uma das escolhidas para o cargo, logo perguntei: tem certeza? A Profª Cláudia já sabe disso? Fiquei bastante surpresa porque eu tenho pouco tempo de Coordenação e não tenho experiência em gerenciamento de projetos, mas tenho em gestão de pessoas porque antes trabalhava em cozinhas industriais que envolviam planejamento e custos. Gerenciamento de projetos não. Porém, depois que cheguei em casa, me lembrei de quantos projetos da Gastronomia eu gerenciei, então vi que não vai ser muito diferente do que foi proposto a mim”, comenta ela.

Adriana Leal_news cópia (1)

Segundo ela, é um prazer muito grande trabalhar na UNISUAM e um dos seus esforços será promover a conscientização dos alunos em relação à importância do ENADE não apenas para eles, mas também para a Instituição, pois infelizmente muitos alunos ainda não tem consciência da relevância do exame.

“As notas que nós tiramos in loco são sempre ótimas! As pessoas que vêm até a UNISUAM elogiam e gostam da faculdade. Quando elas passam por aquele portão e olham o pátio ficam impressionadas com a beleza e o tamanho da infraestrutura que a Instituição tem, mas o aluno ainda não se deu conta do quanto é bom estudar aqui. Alguns até percebem quando vão embora e voltam logo depois”, finaliza ela preocupada em fazer o possível para melhorar os setores que lhe foram confiados.

 





Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Nenhum comentário