Mesa ao Vivo Rio – Você tem fome de quê?


Mesa ao Vivo Rio – Você tem fome de quê?

gif_mesa_aovivo

Hoje, 05/07, teve início na UNISUAM, o Mesa ao Vivo Rio, um evento para aprender e saborear a arte culinária produzida por grandes chefs e talentos do Complexo do Alemão. Organizado pela UNISUAM, Gastromotiva e Prazeres da Mesa, tem como tema “Cozinha revolucionária: transformando produtos de segunda em receitas de primeira”, o evento tem a missão de estimular a gastronomia social.

Ao longo do dia, renomados chefs prepararam deliciosas receitas observados por uma atenta e participativa plateia. A chef Flávia Quaresma inaugurou as atividades do Auditório Amarina Motta com uma deliciosa Sardinha de Forno sobre Cuscuz Brasileiro. Simultaneamente, na Cozinha C (Lab. de Gastronomia), o famoso chef Thomas Troisgros ensinava o requintado Leitão Crocante com Farofa de Chocolate Amma. Enquanto na Cozinha B (Lab. de Nutrição), chef Pedro Artagão finaliza o Ragout de Moela com Raviole de Abóbora.

A chef Andréa Tinoco, ao abrir seus trabalhos com a preparação do Picadinho ao Vinho Tinto, declarou que não conhecia a UNISUAM e que estava impressionada com os alunos, com a estrutura, com tudo. Chef Carlos Cordeiro apresentou em sua performance, na Cozinha B, a Linguiça de Cabeça de Porquinho com Ar de Caramelo de Cerveja. A iguaria revoluciona a produção de linguiça por não usar o miúdo do boi.

A culinária internacional também teve espaço com a participação do chef Frédéric de Maeyer, na Cozinha C, preparando o tropical Sorvete de Abóbora com Frutas Frescas, Compota de Damasco e Crumble de Caju. Carlos García preparou quatro pratos: Pé de Porco em Vinagrete, Espagueti com Sardinha, Creme de Feijão Preto e Chicha Crocante.

Georges Schnyder, diretor da revista Prazeres da Mesa, afirmou durante a mesa-redonda ocorrida no Auditório Amarina Motta, que protagonizamos uma revolução na Gastronomia, pois vivemos em um momento histórico de mudanças e que a Gastronomia social tem um papel importante, afinal a mudança do mundo começa pela boca. O bate-papo contou com a participação do Reitor da UNISUAM, do Secretário de Turismo do Rio de Janeiro e representantes do Prazeres da Mesa, da ABRASEL e da Gastromotiva.

Coube a Claude Troisgros fechar a primeira noite do evento, no Auditório Amarina Motta. Muito comunicativo, brindou a plateia com histórias de seu passado e de sua família, passando pela gastronomia internacional, em especial a francesa, na década de 80 até seus restaurantes, entre eles o Olympe (seu carro-chefe), no qual trabalha em parceria com seu filho, Thomas Troisgros. O chef preparou uma Introdução & Mille Feuille Palmito com Ceviche de Vieiras, Lagostins com Batata Doce Agridoce e Aipim Folheado.





Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Nenhum comentário