Estudos desenvolvidos por estudantes e pesquisadores UNISUAM resulta em cooperação técnica com Fundação Parques e Jardins


Imagem do Post

Neste semestre, inicia a segunda etapa do projeto “Caracterização de plantas ornamentais utilizadas no paisagismo de praças e jardins da Cidade do Rio de Janeiro e disseminação de conhecimentos sobre práticas de jardinagem”, uma das primeiras ações oriundas do termo de cooperação técnica entre a UNISUAM e a Fundação Parques e Jardins.

 

(Leia mais: 12 motivos para fazer um Mestrado, se destacar no mercado e impulsionar a sua carreira)

 

Com a proposta de ampliar e ordenar o plantio de espécies ornamentais na cidade do Rio de Janeiro, dentre as atividades a serem desenvolvidas, destacam-se a elaboração de um inventário das espécies cultivadas no Horto Municipal da Taquara, considerando a origem das plantas, o modo de plantio, as características articulares, a resistência para plantio em perímetro urbano e, ainda, capacitações direcionadas a funcionários da Prefeitura, profissionais que atuam no setor e estudantes de áreas afins.

 

(Leia mais: Aluno do Mestrado em Desenvolvimento Local UNISUAM apresenta trabalho no II Congresso Infraestrutura Jurídica da Ciência, Tecnologia e Inovação nos Países em Desenvolvimento)

 

O projeto mencionado é tema de dissertação do Mestrado em Desenvolvimento Local da UNISUAM e de estudos desenvolvidos por estudantes de Iniciação Científica do curso de Biologia, ambos orientados pelos Professores Silvia Mello e José Seixas.

 

Durante a primeira etapa do projeto, foram realizadas reuniões de trabalho e visitas ao Horto da Taquara, assim como a avaliação de dados encaminhados pelos técnicos da Fundação. Nesta segunda etapa, estudantes da UNISUAM irão periodicamente ao Horto da Taquara para fazer o levantamento das espécies e realizar entrevistas com técnicos e funcionários, visando direcionar as metodologias a serem adotadas nas oficinas de capacitação.

 

(Leia mais: Pesquisadora e Docente do curso de Biologia e do Mestrado em Desenvolvimento Local UNISUAM é premiada pelo CRMV-RJ)

 

 

 

Sobre o Termo de Cooperação Técnica

Firmada em 2018, a parceria tem por objetivo a conjugação de esforços para o desenvolvimento de atividades de pesquisa, assistência técnica, extensão e capacitação para a produção de novas tecnologias e aperfeiçoamento das técnicas de plantio.

 

 

 

Mestrado em Desenvolvimento Local UNISUAM

 

O programa surgiu da necessidade de formar profissionais qualificados com ênfase em temas vinculados ao Desenvolvimento Local Sustentável, em seus variados aspectos: econômico, social, educacional e ambiental.

 

O objetivo geral do programa é formar agentes capazes de identificar condições latentes e estimular, com base na inovação, o empreendedorismo, o associativismo e as competências para o trabalho, inclusive a habilidade de gestão para os empreendimentos daí resultantes.

 

Oferece formação acadêmica e profissional completa, de modo que os alunos conseguem integrar competências e habilidades em Pesquisa e Docência, bem como atuar no mercado de trabalho desenvolvendo novas tecnologias sociais.

 

Com seleções semestrais, o Mestrado em Desenvolvimento Local da UNISUAM possui o processo seletivo composto por 2 etapas, a prova escrita e a entrevista presencial abertas para profissionais de todas as áreas do conhecimento e também para alunos do último período de cursos de Graduação.

 

Saiba mais sobre o Mestrado em Desenvolvimento Local UNISUAM

 

 





Luana Medeiros

Por

Analista de Comunicação e MKT/Jornalista/Revisora - Especialista em produção de conteúdo com foco em alta performance

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Nenhum comentário