Egressa do Mestrado em Ciências da Reabilitação UNISUAM desenvolve método inovador para ensinar a Neurociência


Egressa do Mestrado em Ciências da Reabilitação UNISUAM desenvolve método inovador para ensinar a Neurociência

IMG-20170405-WA0014

Débora Lima, 25 anos, egressa do Mestrado em Ciências da Reabilitação UNISUAM, desenvolveu o projeto “Neurostudent”, que tem como intuito auxiliar no aprendizado dos alunos por meio de desenhos das unidades motoras e das estruturas da Neurociência.

Segundo ela, o Neurostudent surgiu após ser convidada para ser uma das colaboradoras de uma conta no Instagram – @papodefisioterapeuta – voltada para Fisioterapeutas e que já possui mais de 119 mil seguidores. Lá, ela teve a oportunidade de escrever sobre assuntos relacionados à Neurologia e outras patologias ligadas à área.

thumbnail_image1 thumbnail_image4

Débora pode constatar que muitos seguidores apresentavam diversas dúvidas e foi a partir daí que ela teve a grande ideia de desenhar e fazer mapas mentais que simplificavam todas aquelas questões e ajudavam no entendimento das pessoas.

Em abril de 2016 nasceu o primeiro desenho, que falava sobre a unidade motora e estruturas de um neurônio. Desde então, o número de seguidores teve um aumento significativo e, em menos de um ano, a página soma mais de 37 mil “neuroamigos” – termo usado para classificar os seguidores da página.

thumbnail_image7 thumbnail_image8

No período em que cursava a Graduação, a egressa participou, do segundo ao último período, do Projeto de Iniciação Científica e foi monitora de algumas disciplinas relacionadas ao controle e aprendizado motor, que ajudam a entender como o cérebro e o sistema nervoso funcionam de maneira geral. “Quando os alunos me procuravam para sanar algumas dúvidas, eu sempre dava dicas e desenhava para que eles entendessem de maneira mais fácil a “Neuro”, conta ela.

O alcance do Neurostudent semanalmente é de mais de 300 mil pessoas. Recentemente, Débora resolveu levar o projeto para o Youtube e, em menos de 5 meses, o canal atingiu 2.000 pessoas, uma marca bastante significativa levando em consideração que as postagens dos vídeos ainda estão sendo feitas de forma vagarosa.

IMG-20170405-WA0015

A fama do trabalho realizado por ela por meio de seus desenhos está correndo o país. Em 2016, ela foi ao Congresso Brasileiro de Fisioterapia Neurofuncional – COBRAFIN e, durante o congresso, algumas pessoas pediram para tirar fotos com ela, confirmando a boa aceitação e sucesso que seus desenhos têm tido por explicar de forma simples e divertida um conteúdo tão complexo e sério. “Achei engraçado porque nunca imaginei que alguém iria pedir para tirar foto comigo, eu só sou a Débora… nada demais!”, enfatiza ela com muito bom humor.

thumbnail_image2 thumbnail_image3 thumbnail_image6

Hoje, ela realiza consultas particulares, mas seu sonho e objetivo profissional é continuar os estudos, fazer o Doutorado e dar aulas, fazendo com que o conhecimento sobre a Neurociência cresça cada vez mais por meio do Neurostudent.

 

 

 

 

 





Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Nenhum comentário