Doutorado UNISUAM realiza avaliações fisiológicas em atleta paralímpica


Doutorado UNISUAM realiza avaliações fisiológicas em atleta paralímpica

13615257_553170818201031_2845032246571282840_n

O Doutorado em Ciências da Reabilitação UNISUAM teve uma importante participação no preparo fisiológico da atleta paralímpica Débora Benevides. A jovem, de 20 anos, moradora do Méier, que representará o Brasil nas Paralimpíadas Rio 2016, iniciou sua carreira no Atletismo, porém acabou migrando para a modalidade da Paracanoagem e logo se tornou Campeã Mundial na categoria.

Para competir nos jogos, Débora, como qualquer outro atleta, necessitou de exames complementares para aumentar seu condicionamento físico e foi a partir daí que surgiu a parceria entre a atleta e a equipe da Profª Drª Patrícia Vigário, Coordenadora da linha de pesquisa “Avaliação e Intervenção no Esporte Adaptado” do Mestrado e Doutorado em Ciências da Reabilitação.

O primeiro contato de Débora com a equipe aconteceu após as avaliações fisiológicas feitas com a Seleção Brasileira de Rugby em cadeira de rodas. Neste período, Profª Drª Patrícia teve contato com os profissionais da equipe da paracanoagem e logo surgiu a ideia de também fazer parte das avaliações de Débora.

Os procedimentos foram realizados nos laboratórios do Doutorado em Ciências da Reabilitação da UNISUAM, sob a responsabilidade da Profª Drª Patrícia, com a participação de profissionais da área de Nutrição e Psicologia da Instituição e toda a equipe pode fazer uma série de exames necessários para o condicionamento de Débora.

13680933_560431620808284_4864750016273397903_n

A jovem já ministrou uma palestra aqui na UNISUAM, na qual contou suas experiências como paratleta e, hoje, lembra que naquela ocasião estava precisando realizar o exame Cicloergometria Adaptada para enviar à Confederação Brasileira de Canoagem e depois de várias tentativas frustrantes em algumas clínicas médicas, foi informada pela Profª Drª Patrícia que seria possível fazê-lo pelo Doutorado.

A jovem acrescentou, ainda, que ficou bastante feliz e impressionada com toda a estrutura montada pela Instituição para atender casos como o seu e toda a população do entorno. Débora Benevides diz que só tem a agradecer à UNISUAM pela parceria e por poder usufruir de todos os recursos oferecidos pela Instituição que foram mais do que um incentivo e, sim, uma grande equipe unida para trazer medalhas nos Jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro.





Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Nenhum comentário