Cursar uma Segunda Graduação ou fazer uma Pós-Graduação? Qual a melhor opção?


Imagem do Post

 

A decisão de cursar uma Segunda Graduação ou fazer uma Pós-Graduação é um dilema que aflige muitos profissionais formados, seja pelo desejo de dar continuidade aos estudos para se destacar no mercado, por sentir a carreira estagnada, pelo desejo de dar um novo rumo à carreira…

 

Existem inúmeros motivos que convergem para essa questão. Mas, e aí, qual a melhor opção? Qual escolha se adequa melhor ao meu objetivo profissional?

 

Para descobrir a resposta, é preciso, primeiramente, ter em mente qual é o seu propósito, saber as principais diferenças, bem como os benefícios, de uma Segunda Graduação e uma Pós-Graduação e, ainda, levar em consideração alguns aspectos, tais como duração, disponibilidade de tempo, compatibilidade financeira, profundidade de conhecimento adquirido, valorização no mercado, dentre outras.

 

 

Por que fazer uma Segunda Graduação?

 

 

– Pode ser atraente ter estampado no currículo 2 Graduações.

 

– Para ampliar a formação universitária para uma área complementar.

 

– Para mudar completamente de área de atuação.

 

 

O recomendado é cursar uma Segunda Graduação apenas se o intuito é obter uma formação complementar à área em que você atua, por exemplo, os Bacharéis e Licenciaturas (Educação Física, História, Ciências Biológicas etc.), os cursos referentes à área de Comunicação Social (Jornalismo, Publicidade e Propaganda, Relações Públicas etc.), que podem ser feitos logo em sequência e concedem ao profissional Diplomas de 2 Graduações; no caso de querer mudar completamente de área de atuação ou, ainda, se trabalha em uma área muito diferente da qual é formado.

 

No entanto, é importante ressaltar que uma Graduação qualifica e habilita para uma carreira, uma área de atuação, de maneira mais ampla e generalista.

 

 

 

Por que fazer uma Pós-Graduação?

 

 

– Para aprofundar os conhecimentos adquiridos na Graduação.

 

– Para aumentar as suas chances de conseguir uma promoção.

 

– Para abrir portas para novas oportunidades de emprego.

 

 

A Pós-Graduação é recomendada quando o profissional deseja agregar competências à sua formação; se aprofundar mais em um determinado assunto, geralmente em um subcampo da área escolhida; quer estudar algo que já utiliza no trabalho ou, ainda, para quem pretende seguir uma carreira acadêmica.

 

 

Por ter um tempo de duração menor, entre 1 e 2 anos, uma Pós-Graduação pode ser a opção mais adequada para quem já está no mercado de trabalho há algum tempo. Contudo, vale ressaltar que um curso de Pós-Graduação, do tipo especialização, não concede um novo Diploma, mas um certificado de atualização, aperfeiçoamento ou especialização, de acordo com a carga horária cursada.

 

 

 

 

Como escolher entre elas?

Aspectos que você deve levar em consideração

 

 

 

1 – Forma de Ingresso

 

 

Para ingressar na Graduação, é necessário prestar vestibular e, dependendo instituição escolhida, será preciso realizar o Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM. Outro fator a ser considerado é a concorrência em relação à área escolhida, que, no geral, costuma ser acirrada, o que pode tornar o processo seletivo ainda mais desgastante.

 

Ainda que o processo seletivo para uma Pós-Graduação seja bastante criterioso, ele costuma ser menos cansativo, uma vez que, após a escolha do curso, basta fazer a inscrição, apresentar o currículo e, então, é realizada uma entrevista para a avaliação de perfil e alinhamento de expectativas.

 

 

2 – Duração X Disponibilidade de Tempo

 

 

Com duração média de 4 anos, os cursos de Graduação são focados na formação geral do profissional, com aulas todos os dias, o que exige uma dedicação maior. Se você curte a troca de conhecimentos e experiências propiciada pelo ambiente acadêmico, cursar uma Segunda Graduação pode ser a escolha adequada, uma vez que muitos projetos de sucesso saem diretamente dos cursos de Graduação.

 

Nos cursos de Pós-Graduação, seja uma Especialização ou um MBA, as aulas acontecem em dias alternados na semana, durante, aproximadamente, 18 meses, o que te permite conciliar as aulas com outros compromissos pessoais e profissionais.

 

Ambas as opções, embora com algumas diferenças, exigirão, obviamente, leituras, dedicação e atenção, mas qualquer curso deve ser feito com o máximo de responsabilidade e dedicação por parte do aluno para que se obtenha os objetivos desejados.

 

 

3 – Compatibilidade Financeira

 

 

Além do tempo de duração, o custo, não apenas com a mensalidade do curso em si, mas com as demais despesas envolvidas (transporte, alimentação, moradia etc.), pode influenciar na escolha entre cursar uma Segunda Graduação ou uma Pós-Graduação.

 

Por ter um tempo de duração maior, uma Segunda Graduação pode figurar como uma opção mais cara. Porém, hoje, além das instituições públicas, já é possível encontrar uma grande oferta de cursos em instituições privadas com valores mais acessíveis que uma Pós-Graduação.

 

Um outro ponto em relação ao aspecto financeiro que pode pesar na hora da sua escolha é a oportunidade de concessão de bolsas de estudos e financiamentos.

 

 

 

4 – Profundidade do Conhecimento Adquirido

 

Imagine a seguinte hipótese: você começa a cursar Administração, sendo que você já é formado em Arquitetura e Urbanismo.

 

Em uma Segunda Graduação, você estudará os conteúdos de maneira mais ampla. Serão 4 anos vendo conceitos e sendo abordadas visões gerais de diversas áreas, como Finanças, Marketing, Gestão de Pessoas, Contabilidade, Economia etc.

 

Após a conclusão do curso, você estará apto a se especializar em uma dessas áreas ou então a se tornar Administrador-Geral de uma empresa.

 

Em uma Pós-Graduação, você pula essa etapa de conhecimentos gerais e vai direto ao ponto que realmente o interessa, ou seja, se o seu objetivo é se especializar em Finanças para escritórios de Arquitetura e Urbanismo, você pode optar por uma Pós-Graduação em Gestão com ênfase em Finanças, o que te dará o conhecimento necessário para seguir com a sua carreira no rumo que deseja.

 

 

 

5- Resultados

 

 

Cursar uma Segunda Graduação é a escolha mais acertada quando o intuito é mudar de carreira. Além de ampliar o leque de possibilidades de atuação profissional, uma Segunda Graduação pode ser uma nova chance de abandonar, total ou parcialmente, uma profissão e tentar outra, com mais chances de emprego, salário, realização pessoal ou qualidade de vida.

 

Se o seu foco é obter resultados no curto prazo, como uma promoção, por exemplo, o ideal é optar por uma Pós-Graduação, seja uma Especialização ou um MBA, devido à duração e ao foco desses cursos, uma vez que eles estão relacionados com aprofundamento, atualização constante e alcance de certificações que ampliem a competitividade e melhorem o salário, já que a formação continuada pode significar mais qualificação para alcançar postos de liderança ou chefia.

 

 

 

6 – Remuneração

 

 

A remuneração de quem tem 2 Graduações em relação a quem tem apenas uma não difere muito. Um Analista Administrativo, por exemplo, ganha algo semelhante a um Analista Financeiro.

 

Já um Especialista em Finanças Corporativas certamente tem uma remuneração maior do que um Analista. Afinal, ele investiu em um conhecimento mais aprofundado.

 

 

 

7 – Valorização no Mercado

 

 

A valorização de um profissional com 2 Diplomas de Graduação em relação a outro profissional com um Diploma de Graduação e um Certificado de Pós-Graduação varia muito de setor para setor e de empresa para empresa.

 

O ideal é pesquisar quais são os requisitos exigidos pelas empresas do seu segmento de atuação e o que é visto como diferencial.

 

Uma Segunda Graduação significa um novo Diploma oficial, reconhecido pelo Ministério da Educação – MEC. Contudo, vale ressaltar que uma Pós-Graduação, além de propiciar uma remuneração maior, traz, ainda, a percepção de que você está avançando na carreira, o que pode ser um fator determinante para alcançar novas oportunidades.

 

 

 

8 – Networking

 

 

Ter bons contatos é extremamente importante para viabilizar projetos, oportunidades e parcerias.

 

A Universidade é, geralmente, o pontapé inicial para a realização de networking, uma vez que você se conecta com colegas pela afinidade e acaba levando essa amizade para além da sala de aula.

 

Já na Pós-Graduação, o networking se constrói bem mais focado na sua área de atuação, pois reúne profissionais que têm os mesmos objetivos que você, provavelmente muitos deles já estão no mercado de trabalho, o que pode ser um facilitador para você ser encontrado para novas oportunidades de carreira.

 

A questão principal é que, em geral, o público de uma Graduação é muito diferente dos alunos de uma Pós-Graduação. Nesse sentido, aqueles que optam por cursar uma Segunda Graduação correm o risco de encontrar uma sala de aula formada basicamente por pessoas mais jovens e sem muita, ou nenhuma, experiência profissional.

 

Ter consciência do perfil que encontrará em ambos os cenários o ajudará a definir o melhor caminho.

 

 

9 – Satisfação Profissional

 

 

Esse é um dos aspectos mais complexos de se avaliar, pois é totalmente particular.

 

Enquanto alguns gostam e querem ter a vivência universitária, que envolve a troca de saberes e experiências com os mais jovens, outros ingressam em uma Segunda Graduação por simplesmente não terem conseguido ingressar ainda na carreira desejada. Há, também, aqueles que desejam tomar um novo rumo profissional por sentirem que escolheram a profissão errada.

 

Por outro lado, muitos optam por, no mesmo tempo que levariam para cursar uma nova Graduação, fazer duas Pós-Graduações.

 

Muitos são os motivos que levam a este impasse que impacta tantos profissionais, seja o desejo de assumir cargos de liderança mais rápido, a vontade de migrar de área dentro da empresa ou a intenção/necessidade de desenvolver novas competências com maior velocidade.

 

No entanto, essa resposta apenas você possui.

 

 

 

 

E, aí? Ficaram claras as diferenças entre Segunda Graduação e Pós-Graduação?

 

Lembre-se: Refletir sobre o que deixaria você mais satisfeito e ter o seu objetivo de carreira definido é essencial fazer a escolha mais adequada e atingir os resultados que você deseja.

 

 

 

Se a sua opção é cursar uma Segunda Graduação, a UNISUAM pode te ajudar!

Confira a lista com os cursos ofertados!

 

 

Se você prefere fazer uma Pós-Graduação, a UNISUAM também pode te ajudar!

Veja a lista completa de cursos nas mais diversas áreas!

 

 

 

E não importa qual é a sua escolha, a UNISUAM pode te ajudar!

 

 

UNISUAM – Há mais de 50 anos transformando a sociedade por meio da educação de excelência e qualidade!

 

 

 

Para mais informações, ligue (21) 3882-9797





Luana Medeiros

Por

Analista de Comunicação e MKT/Jornalista/Revisora - Especialista em produção de conteúdo com foco em alta performance

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Nenhum comentário