Criadora do Projeto Neurostudent é a mais nova bolsista do Doutorado em Ciências da Reabilitação e é eleita Embaixadora das Redes Sociais da UNISUAM


Criadora do Projeto Neurostudent é a mais nova bolsista do Doutorado em Ciências da Reabilitação e é eleita Embaixadora das Redes Sociais da UNISUAM

Débora Lima, egressa do Mestrado em Ciências da Reabilitação UNISUAM e mentora do projeto Neurostudent, que tem o objetivo de facilitar o aprendizado dos alunos por meio de desenhos das unidades motoras e das estruturas da Neurociência, foi contemplada, recentemente, pelo Prof. Arapuan Netto, Reitor da Instituição, com uma bolsa integral para o Doutorado em Ciências da Reabilitação UNISUAM.

Débora conta que, após a apresentação do seu projeto de pesquisa, uma das etapas do processo seletivo para o Doutorado, ficou aguardando ansiosa uma resposta da Instituição, a ponto de não conseguir dormir e nem se concentrar em outras coisas.

O Doutorado sempre esteve nos planos de Débora, porém, atualmente, ela não possui recursos financeiros para arcar com um curso que tem duração de 4 anos. Ela conta que, quando a matéria sobre os seus desenhos de Neurociência saiu na UNISUAM News, a equipe do Pólen, polo de inovação da UNISUAM, entrou em contato com ela para saber mais sobre a Neurostudent e, em paralelo, ela também conversou com a equipe de Marketing institucional, que a convidou para integrar o “Comitê de Redes Sociais” da UNISUAM.

“Quando o processo seletivo para o Doutorado teve início, eu entrei em contato pelo Instagram da UNISUAM para negociar a possibilidade de ter uma bolsa”, lembra ela. A jovem relata, ainda, que a equipe de Marketing foi muito solícita com ela e que, uma funcionária em especial a ajudou muito nessa etapa, Ana Flávia Pereira, membro do Comitê de Redes Sociais, além, é claro, do Reitor, que também teve plena participação em todos os trâmites, pois ele abraçou a ideia e, prontamente, apoiou seu projeto.

19990031_273616263115570_512982370163817674_n

“Minha ficha ainda não caiu. É muito surreal tudo isso! Nem nos meus melhores sonhos eu iria imaginar que o Neurostudent seria uma das principais ferramentas para a conquista de um Doutorado. Ainda estou meio “anestesiada” com tudo que está acontecendo e estudar com uma bolsa integral é uma coisa que eu sempre quis, ainda mais fazendo um Doutorado. É muito recompensador”, comemora ela que, durante o Doutorado, pretende dar continuidade à sua pesquisa em relação ao efeito da estimulação transcraniana por corrente contínua em indivíduos que possuem a Doença de Parkinson.

Juntamente com a aquisição da bolsa, a jovem foi nomeada, a convite do Reitor, como Embaixadora da UNISUAM nas Redes Sociais por mérito do excelente trabalho que está desenvolvendo. Para Débora, esse convite foi bastante inusitado, uma vez que ser declarada Embaixadora de uma Instituição de Ensino é algo muito sério, porém, ao mesmo tempo, muito gratificante. Uma chance como essa ninguém nunca imagina que um dia irá ter.

A mais nova doutoranda da UNISUAM se sente muito privilegiada pela oportunidade e alega que isso será mais um divisor de águas em sua carreira, pois o trabalho que vem desenvolvendo em seus canais foi elaborado por meio dos conteúdos didáticos obtidos na UNISUAM.

Débora, que se graduou em Fisioterapia e obteve o título de Mestre em Ciências da Reabilitação na Instituição como bolsista da CAPES, além de ter sido representante de turma dos alunos do Mestrado, afirma que a UNISUAM mais uma vez faz parte de uma importante etapa de sua vida.

“A UNISUAM tem um lugar especial na minha vida, pois foi na Instituição que comecei minha carreira profissional ao ingressar na Graduação em Fisioterapia, além de ter participado ativamente dos Projetos de Iniciação Científica, me atentando para a vocação para lecionar, desejo que aflorou durante a época da monitoria. Se eu tivesse que resumir a UNISUAM em uma palavra seria OPORTUNIDADE, pois foi aqui que tudo começou e eu espero corresponder à altura. Toda a minha trajetória profissional tem a participação da UNISUAM e isso é motivo de orgulho para mim”, declara ela.

Débora espera corresponder todas as expectativas que estão sendo depositadas nela fazendo um Doutorado que dê bons frutos e não descarta a possibilidade de atuar como Professora, pois, dessa forma, ela acredita que pode contribuir mostrando aos discentes que algumas áreas da Neurologia não são tão complicadas quanto parecem.

17499036_10211034737537905_5869590423878494737_n

Ainda falando do futuro, ela promete que vai continuar postando aulas gratuitas no YouTube, empenhando esforços cada vez mais para que o Neurostudent cresça e seja reconhecido e, por meio dele, as pessoas consigam sanar suas dúvidas através dos desenhos e esquemas descomplicados.

Hoje, o projeto de Débora conta com mais de 46 mil seguidores no Instagram, mais de 8 mil seguidores no Facebook e quase 4 mil inscritos no YouTube. Com um grande número de seguidores à espera de suas publicações, atualmente ela conta com a ajuda de um primo para editar e gravar os episódios do canal, que, segundo Débora, já se tornou o queridinho dos seguidores, que o apelidaram carinhosamente de “gordinho”, mesmo sem nunca ter sido visto nos vídeos.

Débora conta que recebe muitas mensagens com elogios aos seus desenhos oriundas de diversos países, como Indonésia, Argentina e Marrocos. Os estrangeiros destacam como o método, ensinado por ela, auxilia no aprendizado deles. “Uma vez uma menina me mandou uma mensagem falando que, por causa dos meus desenhos, ela passou em um concurso público. Fiquei tão feliz com isso! Essas mensagens de carinho que recebo nenhum dinheiro pode pagar. É gratificante saber que as pessoas acreditam e apoiam o meu projeto”, finaliza ela, emocionada.





Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

1 comentário

  • Avatar valeria Silva Rego disse:

    Oi Débora, que felicidade saber dessa notícia, que conseguiu uma bolsa na UNISUAN, parabéns sucesso, sou estudante da UNISUAN e faço Administração. Gostei muito desse seu projeto que futuramente poderá ajudar muitas pessoas. Mais uma vez parabéns. Espero conhecê-la pessoalmente um dia. Att, Valéria.