Como ter uma trajetória de sucesso


Como ter uma trajetória de sucesso

A dúvida no momento de escolher qual faculdade cursar faz parte da vida de muitas pessoas. As mudanças estão sempre aí, prontas para nos atingir, e precisamos encontrar a melhor forma de nos adequar a elas. Foi por isso que, ao longo do tempo, André Araújo, ex-aluno de Publicidade e Propaganda da UNISUAM, buscou formas de se adaptar, crescer e permanecer no mercado.

 

O Publicitário tem mais de 30 anos de carreira como Ilustrador, já foi Professor de Desenho Artístico, Publicitário no Instituto Técnico OBERG (RJ), foi premiado 4 vezes pelo Prêmio Abril de Jornalismo e possui uma extensa carteira de clientes em um vasto portfólio que comprova toda a sua experiência profissional.

 

Hoje vamos conhecer essa trajetória de sucesso que garante boas dicas de como se adequar ao mercado e crescer nele.

 

Antes mesmo de iniciar o Ensino Superior, André já havia feito um curso de Desenho Artístico e Publicitário, o que foi um diferencial para o início de sua carreira. Foi assim que ele conseguiu um estágio na agência Denison Propaganda e, então, iniciou o seu Ensino Superior.

 

Quando André prestou os exames para o vestibular, na década de 80, tudo era muito diferente, inclusive a UNISUAM nem existia de fato. A intenção do Desenhista era fazer Cinema, mas, no final dos anos 70, a escala de filmes produzidos no Brasil não estava de acordo com os seus planos. Por esse motivo, André foi em busca de uma segunda opção que lhe permitisse trabalhar com um ideal desejado.

 

“Escolhi o mundo da Publicidade, no qual teriam os comerciais em vídeo com o mesmo carisma da cinematografia e um valor comercial agregado”, lembra ele.

 

Naquela época, a única faculdade privada que oferecia o curso de Publicidade e Propaganda era a SUSE, que estava incluída nas Faculdades Integradas Augusto Motta. A então conhecida Sociedade Unificada de Ensino Superior Augusto Motta – SUAM já oferecia diversos cursos, mas apenas em 1997 atingiu as metas necessárias para se tornar o primeiro Centro Universitário do Brasil, começando a moldar a Instituição que conhecemos hoje.

 

O Publicitário recorda que o seu diploma (ainda da SUAM) tem assinaturas em caneta tinteiro e que ele fez parte da primeira turma de Comunicação Social a ter o Sr. Abelardo Barbosa, o famoso Chacrinha, como patrono na cerimônia de formatura.

 

 

Mas, foi no primeiro ano letivo que André conheceu a Profª Regina Pacheco Americano e as coisas começaram a mudar. A Professora, reconhecendo o seu talento, fez questão de apresentar o aluno para o Prof. Arapuan Medeiros da Motta (na época, Reitor da SUAM). Graças à qualidade de seus trabalhos, André foi convidado a projetar layouts e ilustrações para a Faculdade e, assim, garantiu muitos trabalhos para o seu portfólio e teve auxílio para terminar os estudos.

 

Por vezes, ele (Prof. Arapuan) mandava que me chamassem em sala de aula para pedir algum trabalho de última hora. Foi graças, em parte, a esses trabalhos que consegui financiar todo o meu curso”, conta ele.

 

Os trabalhos de André para o Prof. Arapuan Medeiros da Motta o ajudaram a terminar os estudos

 

Apesar de sua área ter passado por diversas mudanças ao longo dos anos, André comenta que sempre foi muito restrita em relação a vagas. Ter consciência de onde estava e aonde gostaria de chegar o ajudou a fazer escolhas melhores e, assim, o Publicitário optou por se tornar conhecido e estagiar em diversas agências.

 

“Depois que você começa a ter contatos em cada uma delas, fica mais fácil conseguir ser chamado para uma vaga naturalmente. Hoje o imediatismo talvez torne esse processo de networking mais rápido, mas não menos difícil”, ressalta.

 

O currículo de André está recheado de experiência e grandes projetos e isso o ajudou a passar por diversas empresas alcançando o devido reconhecimento. De acordo com ele, as mudanças de área ou empresa sempre aconteceram naturalmente e, com isso, ele acabou trabalhando em diversas agências entre o Rio de Janeiro e Curitiba. Ele também possui 11 anos de experiência em São Paulo, onde trabalhou na Revista Veja e chegou a ser premiado.

 

“Fui finalista por 7 vezes do Prêmio Abril de Jornalismo, saindo 4 vezes como vencedor na categoria Matéria Completa, que incluía texto, ilustrações, infográficos e diagramação”, revela André, orgulhoso.

 

O Publicitário também foi o responsável por campanhas memoráveis, como a do Banco Bamerindus, através da extinta agência UMUARAMA; fez parte do time de design de uma das maiores agências de Curitiba, a Opus & Múltipla; trabalhou no Marketing do HSBC; e, ainda, publicou making ofs de seus trabalhos como Ilustrador nas Revistas Publish e Design Gráfico.

 

“A oportunidade aparecia e eu aproveitava sem receio de mudar”, André esclarece, lembrando a importância de encontrar novas formas de se destacar e adquirir mais habilidades.

 

André em uma de suas Oficinas de Desenho

 

Sobre o mercado atual, o Publicitário comenta que a situação do país fez com que muitas verbas publicitárias fossem reduzidas ou suspensas, o que complica bastante para os que trabalham como freelancer. É por isso que ele dá um conselho importante para os alunos e novos publicitários: é preciso ir além do currículo escolar e ter um diferencial para se destacar dos demais na hora de entrar no mercado.

 

“Façam vários cursos de extensão, idiomas, profissionalizantes, entre outros. Por melhor que seja a faculdade, o mercado se encontra muito limitado e seletivo”, enfatiza ele.

 

Hoje, André trabalha como home office, atendendo a diversos clientes, como as Editoras Ática e Scipione, da Somos Educação; e o grupo Banesprev, pertencente ao Banco Santander.

 

Você é criativo, motivado e dinâmico como o André? Então, conheça o curso de Publicidade e Propaganda UNISUAM. Aqui, você se torna um profissional capacitado e multitarefa, além de contar com um centro de produção audiovisual com todos os aparatos técnicos para a atuação nas áreas de criação.

 

 

Vem ser UNISUAM você também!

 

 

Matrículas abertas para 2019.1

 

 

Para mais informações, ligue (21) 3882-9797

 

 

 

 

 

 

Revisão: Luana Medeiros





Mariana Mortani

Por

Mariana Mortani é estudante de Comunicação Social com habilitação em Jornalismo. Foi colunista do Pauta Rio, do site da autora Isabela Freitas e tradutora de Inglês, Espanhol e Italiano do autor argentino Hugo Accardi. Em 2014, organizou a primeira Feira Literária da Zona Norte do Rio de Janeiro; em 2017, publicou o seu primeiro livro; e, desde 2012, atua no mercado literário com leituras críticas, traduções, entrevistas e cobertura de eventos. Atualmente, está estagiando no setor de Comunicação e Marketing da UNISUAM e possui um canal no YouTube sobre cinema e literatura com mais de 1 milhão de visualizações.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Nenhum comentário