Alunas do curso de Enfermagem UNISUAM apresentam resultados parciais de pesquisa na XIV Semana de Pesquisa, Extensão, Pós-Graduação e Inovação


Alunas do curso de Enfermagem UNISUAM apresentam resultados parciais de pesquisa na XIV Semana de Pesquisa, Extensão, Pós-Graduação e Inovação

As alunas Fernanda Ferreira e Silva e Lauana Alves Sampaio, ambas cursando o 6º período do curso de Enfermagem UNISUAM, apresentaram, dia 19/10, os resultados parciais da pesquisa de campo realizada pela dupla, que tem como tema “O saber do homem perante a sífilis congênita”.

A apresentação, parte integrante da XIV Semana de Pesquisa, Extensão, Pós-Graduação e Inovação da UNISUAM, teve como objetivo compartilhar com a comunidade acadêmica a realização do estudo, bem como divulgar as informações coletas até o momento por meio das entrevistas realizadas com homens na faixa etária de 20 a 37 anos, que têm como intuito analisar o grau de conhecimento dos entrevistados acerca da Sífilis e Sífilis Congênita.

A partir da análise dos resultados obtidos até o momento, de acordo com as alunas, há a necessidade de fomentar a discussão em relação a este assunto para a sociedade de forma lúdica e educacional, uma vez que 100% dos entrevistados relataram ter algum conhecimento sobre Sífilis, porém 85% dos entrevistados desconhecem as graves sequelas da Sífilis Congênita e 10% deles nunca ouviram falar da doença.

Captura de Tela 2017-10-20 às 15.51.47

Os resultados surpreenderam tanto a banca para a qual a pesquisa foi apresentada quanto à plateia, já que, mesmo com a gama de informações disponíveis a respeito do tema em diversas mídias, tais como televisão, rádio, internet, programas de saúde etc., chega-se à conclusão de que esse público não está sendo impactado da maneira correta, sendo preciso difundir de maneira mais assertiva informações referentes à doença e a importância da prevenção por meio do uso de preservativo.

“A faixa etária pesquisada ilustra o perfil do aluno jovem da UNISUAM e com a chegada do Novembro azul, mês em que o olhar se volta para a saúde do homem, a Instituição traz a oportunidade de falarmos do assunto”, ressaltam as alunas.

 





Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Nenhum comentário