Trabalho de alunos da UNISUAM emociona ex-funcionários da extinta TV Manchete


Resultado de imagem para tv manchete gif

Em 05 de junho de 1983, a TV Manchete entrava no ar. O canal que marcou a trajetória da TV brasileira com produções como “Xica da Silva”, “Ana Raio e Zé Trovão” e “Pantanal” completaria, este mês, 35 anos.

35_anos_manchete

Mas não é somente por telenovelas que a TV Manchete é lembrada. A grande cadência jornalística também foi destaque no canal. O “Jornal da Manchete” foi a produção mais duradoura, estando presente desde o início ao último dia de transmissão.

O noticiário inovou na forma de fazer jornalismo. Sua trilha sonora foi composta pelo grupo Roupa Nova. O cenário era bastante moderno para época, mostrando sua própria redação, bem parecido com o que estamos acostumados hoje.

E o jornalismo também foi o responsável por um encontro emocionante. No último sábado, 16, ex-funcionários se encontraram para celebrar o aniversário da emissora. Já é a terceira reunião do grupo, porém, desta vez, junto com a data especial, veio um presentão: Um documentário sobre a história da TV Manchete.

unisuam_tv_manchete

Um grupo de alunos de Comunicação Social (Jornalismo e Publicidade), orientados pelo professor Alfredo D’Almeida, escolheu o canal para ser tema do documentário que valerá a aprovação de conclusão do Curso: “Nós escolhemos o tema, pois um dos integrantes do grupo é apaixonado por televisão, e a TV Manchete foi um marco. A gente falou sobre os principais segmentos da emissora: jornalismo, novelas, programas infantis, carnaval e ainda contamos histórias curiosas sobre Adolpho Bloch, fundador da marca Manchete”, conta Vanessa Vense, uma das responsáveis pelo projeto.

IMG-20180616-WA0024

Se para os alunos poder estudar a importância da TV Manchete na história da Comunicação é um privilégio, do outro lado, a emoção de quem ajudou a construir tudo isso é uma recompensa: “O documentário está fantástico. O carinho e amor que vocês têm pela Manchete é muito emocionante, ainda mais, porque foi feito por jovens que nem eram nascidos ou muito novos, quando a emissora estava no ar”, conta Luiz Santoro, ex-âncora do “Jornal Manchete – 2ª edição” e organizador do encontro com os ex-funcionários.

Paulo Newton, produtor do “Clube da Criança”, apresentado por Angélica, ficou muito feliz com o documentário e comemora a oportunidade de reencontrar os ex-colegas e trabalho: “Nossas reuniões só confirma a satisfação que tínhamos em trabalhar na Manchete, desenvolvemos uma bela amizade entre nós”.

Muito emocionada, Suzane Halfoun, que atuava como operadora de caracteres, ficou encantada com o trabalho feito pelos estudantes, para ela a aprovação e o dez estão garantidos: “Eu fiquei paralisada assistindo. Me deu vontade de chorar! Está tudo muito lindo, desde a narração até a edição. Os alunos estão de parabéns! ”, finaliza.

encontro_funcionários_manchete

 

Quer estudar com a gente? Matrículas abertas para 2018.2!
Conheça o curso de Jornalismo da UNISUAM!
Para mais informações, ligue:(21) 3882-9797

 

Tags:,

Um comentário até agora.

  1. Emerson Ferraz disse:

    Adorei este tema. Muito bem lembrado pelos alunos da Unisuam. Tenho 48 anos, sou formado em Direito por esta faculdade e já fui cinegrafista. Parabêns alunos!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *