7 situações que todo calouro vai passar


7 situações que todo calouro vai passar

Mais um período letivo se inicia e nós mal podemos esperar para conhecer nossas mais novas corujas. Estamos preparando uma recepção especial para dar as boas-vindas a todos os calouros, mas antes queremos alertá-los sobre algumas situações inevitáveis pelas quais vocês podem passar.

 

 

A alegria do primeiro dia de aula

 

 

O primeiro dia de aula é memorável, a primeira semana é só alegria, mas não demora muito para os primeiros trabalhos começarem a serem solicitados e você se pergunta: “Onde foi que eu me enfiei?” Mas, calma! No final, tudo dará certo e a saudade será o sentimento mais presente quando o seu status for atualizado para “formado”.

 

 

Aquela dúvida cruel: será que vou fazer amigos?

 

 

Você já deve ter ouvido muitas pessoas dizendo que conhece fulano desde os tempos da faculdade, né? E você, provavelmente, vai passar os primeiros dias olhando para aquelas pessoas e se perguntando: “Será que vamos seguir juntos até o final?”. Na maioria dos casos a resposta é simples: não. Muita gente sai, muita gente chega e todo mundo muda – inclusive você. Então, nada de se cobrar muito, nem cobrar das pessoas! Aproveite esse início para conhecer o máximo de pessoas possível, faça amizades, sim, e tente vencer a timidez. Lembre-se que é sempre bom ter alguém para dividir o salgado do intervalo e os apertos dos trabalhos em grupo.

 

 

Uma sensação de “estou perdido”

 

 

Se prepara! Esse feeling vai te acompanhar do início ao fim da faculdade – ele só vai atingindo níveis diferentes. No 1º período, você vai demorar a encontrar as salas, gravar o nome das matérias ou, até mesmo, os nomes dos professores. Depois você começa a esquecer os dias dos trabalhos, os dias das aulas e por aí vai!  Não precisa se sentir mal por isso, calouro!

 

 

A eterna briga com o guarda-roupa

 

 

Você passou o Ensino Médio inteiro usando uniformes que, em algum momento, desejou que não existisse, certo? Então, chega na faculdade pensando que escolher uma roupa diferente para cada dia vai ser ótimo. Mas, calma aí, não se engane: a alegria dura pouco. Logo, você vai começar a sentir que já usou todas as suas roupas mais de 10 vezes e percebe que não valorizava o uniforme do Ensino Médio como deveria.

 

 

Lanchar ou não lanchar, eis a questão

 

 

Você entra na faculdade e se depara com um mundo de opções de comida. Não tem mais só aqueles biscoitos ou os mesmos salgados de sempre da cantiga do colégio. Você vai pensar que está a salvo, afinal é tanta opção que você terá que fazer uni-dune-tê um dia. Mas, que fique claro: cuidado para não se empolgar com o lanche e esquecer de tirar aquelas xerox que o professor solicitou, ok?

 

 

Vontade de jogar tudo pro alto

 

 

É muita coisa nova para assimilar, a gente sabe.  No início, a animação é geral e você vai estar super motivado a apresentar os primeiros trabalhos. De repente parece que tem mais trabalho do que você consegue dar conta! Sem falar que viver na adrenalina é algo que faz parte da vida de qualquer aluno, não é mesmo? Se prepare para começar a deixar vários trabalhos para a última hora. O teste de paciência é diário. Mas, você é capaz e dará conta disso tudo, não se esqueça, calouro!

 

 

Muitas expectativas

 

 

Todo calouro entra na faculdade cheio de expectativa e esse post não é para acabar com as suas! Pelo contrário, queremos que você não desista do seu sonho de fazer faculdade mesmo quando as coisas estiverem difíceis. Lá na frente, quando você estiver prestes a se formar, a nostalgia vai chegar e você vai ter uma maravilhosa sensação de “finalmente está dando certo!” Então, calouro, se empolgue, explore a faculdade, conheça a oportunidades que ela oferece e, não esqueça: você esperou muito por esse momento. Faça cada segundo valer a pena!

 

 

Você consegue!

 

 

 

Desejamos a todos um início de semestre incrível!
Vamos juntos!

#SouUNISUAM

 

 

 

Revisão: Luana Medeiros





Mariana Mortani

Por

Mariana Mortani é estudante de Comunicação Social com habilitação em Jornalismo. Foi colunista do Pauta Rio, do site da autora Isabela Freitas e tradutora de Inglês, Espanhol e Italiano do autor argentino Hugo Accardi. Em 2014, organizou a primeira Feira Literária da Zona Norte do Rio de Janeiro; em 2017, publicou o seu primeiro livro; e, desde 2012, atua no mercado literário com leituras críticas, traduções, entrevistas e cobertura de eventos. Atualmente, está estagiando no setor de Comunicação e Marketing da UNISUAM e possui um canal no YouTube sobre cinema e literatura com mais de 1 milhão de visualizações.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Nenhum comentário